Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.
Cora Coralina
Uns queriam um emprego melhor; outros, um emprego. Uns queriam uma refeição mais farta; outros, apenas uma refeição. Uns queriam uma vida mais amena; outros, apenas viver. Uns queriam ter pais mais esclarecidos; outros, apenas ter pais. Uns queriam ter olhos claros; outros, apenas enxergar. Uns queriam ter voz bonita; outros apenas falar. Uns queriam o silêncio; outros, ouvir. Uns queriam um sapato novo; outros, ter pés. Uns queriam um carro; outros, andar. Uns queriam o supérfluo; outros, apenas o necessário.
Xavier.
Esperei o resto da tarde e durante todo o jantar que alguma coisa acontecesse, mas nada aconteceu. Fui para meu quarto depois do jantar e fiquei lá sentado esperando. Então chegou a hora de dormir e eu me deitei na cama esperando. Ouvi meu pai roncando no quarto ao lado, e ainda esperava. Aí dormi.
Charles Bukowski.
Tem dias que tudo o que você quer é sentar e esperar alguém vir dar uma solução pra tua vida.
Los Hermanos.
Se estiver triste vá dormir. Não invente de pegar seu telefone, nem chegue perto do computador. Se estiver triste em plena madrugada, pelo amor de Deus, vá conversar com amigos, vá assistir tv ou até no limite do limite escute música (que não seja romântica). Se estiver triste, na pior das hipóteses, fique esperando, mas não invente falar que sentiu falta daquele ser e resolveu procurá-lo, é só carência e carência passa.
Autor desconhecido.  
Como é triste um olhar mendigando abrigo.
Dan Maia 
Meus pais não sabem nem a metade das coisas pelo qual eu já passei. Dos choros abafados, das decepções vividas e as dores guardadas em cada sorriso meu.
Animicida.
As palavras têm poder, então, use-as como um band-aid, não como uma faca.
A culpa é mesmo das estrelas?
— Você me perdoa?
— Sim, te perdoo.
— Então por que ainda está com esse olhar triste?
— Porque ainda dói.
Desconhecido
Chegou de mais um dia da escola, de mais um inferno, sempre sonhou em ter asas e hoje era o dia que decidira que pegaria as suas e voar pra longe de toda dor e de toda tempestade que havia dentro da sua cabeça.
Estava sozinho em casa e sem trocar de roupa foi para o banheiro, olho-se no espelho e não conseguia se reconhecer a pessoa que um dia já fora se foi.
Sem nunca ter fumado tirou uma carteira do bolso e pos um cigarro na boca e em seguida pegou um isqueiro, a cada tragada se engasgava saiu do banheiro e ligou ao som e colocou no modo repetir a musica “Give me love”.
Voltou ao banheiro e do bolso traseiro tirou uma lamina, deitou-se no chão acendeu outro cigarro e começou os cortes.
Cortou os pulsos, as pernas, as costelas, por um momento sentiu certo êxtase mais depois de um tempo veio a dor.
E quando sentiu que ia partir sussurrou pra se mesmo:
— ta na hora de pegar minhas asas
— O menino que queria voar.